22 de setembro de 2014

Encontrão do Dízimo reúne centenas de agentes

Imagem meramente ilustrativa
Mais de 1.300 agentes da Pastoral do Dízimo, das paróquias da Arquidiocese de Natal, se reúnem em Natal, neste domingo, 21 de setembro. Eles participam do Encontro Arquidiocesano do Dízimo. A programação teve início às 7h30, na Catedral Metropolitana, onde, no pátio, foi oferecido um café da manhã. A partir das 8 horas, houve um momento de acolhida, conduzido pelo coordenador arquidiocesano da Pastoral do Dízimo, Randenclécio Xavier. Na ocasião, Randenclécio também falou sobre a missão do agente do Dízimo. “Somos todos missionários, porque missionário é aquele que leva a Palavra de Deus a o outro. A Igreja nos convida, insistentemente, à missão e à conversão pessoal e pastoral”, enfatizou.

Depois, os agentes ouviram as palavras de acolhimento proferidas pelo coordenador arquidiocesano de pastoral, Padre Francisco das Chagas de Souza. Ele, além de acolher, em nome da Arquidiocese, os participantes do Encontro, também falou sobre o ensinamento de Jesus do ‘ir em missão e evangelizar’. Padre Chagas destacou o Documento 100, da CNBB, que enfatiza a conversão pastoral. “Precisamos ir ao encontro de Jesus, nos converter pessoal e pastoralmente, para melhor evangelizar”, disse.

Ainda pela manhã, os agentes participam de conferências sobre temas ligados ao dízimo, que acontecem em colégios, centros pastorais e instituições localizadas nas adjacências da Catedral. Às 14 horas, na Catedral, participam de uma palestra com o tema: “O Dízimo como uma prática de Encontro com os irmãos”, ministrada por Luís Tarcísio, da Diocese de Santo Amaro (SP). Às 15h30, será feita a apresentação da Planilha do Dízimo, pelo ecônomo da Arquidiocese, Padre Valdir Cândido de Morais. A programação será encerrada às 16h, com a celebração eucarística, presidida pelo Arcebispo Metropolitano, Dom Jaime Vieira Rocha.

Fonte: Arquidiocese de Natal

7 de setembro de 2014

Paróquia de Parazinho realiza encontro de formação para a Pastoral do Dízimo

Membros da Pastoral do Dízimo de Parazinho
Fotos: Pascom Parazinho

Com o tema: “Dízimo. Ação concreta de amo; compromisso de fé da comunidade missionária”; a Paróquia de Nossa Senhora de Nazaré (Parazinho e Pedra Grande), realizou na manhã deste sábado 06 de setembro mais um encontro de formação para a Pastoram do Dízimo.

No mês de Setembro, a Igreja Católica celebra dois temas muito importantes para a vida cristã, são eles: a Bíblia e o Dízimo, com isso, a coordenação Paroquial do Dízimo resolveu realizar o 2º/3º encontro para formação dos agentes que compõem a pastoral em Parazinho. O momento de formação foi ministrado pelo Pároco, o Padre Ivanilson Alexandrino.






5 de setembro de 2014

Mãe Rainha Celebra 20 Anos

Movimento Apostólico Internacional de Schoenstatt é um movimento católico mariano fundado em Schönstatt, na Alemanha, em 1914 pelo padre Joseph Kentenich
O Movimento, fundado pelo Padre Kentenich, tem como objetivo a renovação religiosa e moral do mundo, por meio da educação de homens novos, por isso, colabora principalmente para as pessoas a conseguirem uma auto-educação a fim de melhorarem as suas vidas e a formarem-se como pessoas fortes, livres e responsáveis.

O centro de espiritualidade do Movimento é o santuário da Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt, no qual Maria está presente como a grande educadora, com a missão de gerar novamente Cristo no coração de muitas pessoas. Ali ela oferece especialmente a graça do abrigo espiritual, da transformação interior e da frutuosidade no apostolado.

Sua organização abrange todos os estados de vida e todas as idades. Organizado em colunas: sacerdotes, famílias, mulheres e homens. Com graus diferentes de pertença ao Movimento, desde os Institutos Seculares com o contrato jurídico e a vivência dos Conselhos Evangélicos, até os peregrinos que temporariamente visitam o Santuário. São mais de 25 ramificações, formados por pequenos grupos, enlaçados pela Aliança de Amor.

O Movimento esta completando 100 Anos de fundação. Na Igreja de São Francisco de Assis o Movimento completou 20 anos de fundação, comemoramos com uma Missa em Ação de Graças celebrada pelo Pároco o Pe.Ivanilson Alexandrino





1 de setembro de 2014

Setembro Mês da Bíblia e do Dízimo

Neste mês passaremos a meditar a Palavra de Deus em nossa vida. Ao iniciarmos o mês de Setembro nos voltamos para a Sagrada Escrituras e o Dizimo como fruto de gratidão a Deus pelos benefícios que Ele nos concede, " AS TUAS PALAVRAS SÃO EM TUDO VERDADE DESDE O PRINCIPIO, E CADA UM DOS TEUS JUSTOS JUÍZOS DURA PARA SEMPRE." (SALMO 119:160)

"A CHAVE DA VERDADEIRA PROSPERIDADE ESTÁ EM SER FIEL A DEUS EM TUDO, INCLUSIVE NA PRÁTICA DOS DÍZIMOS E DAS OFERTAS."

28 de agosto de 2014

Agenda do Pároco

Acompanhe a agenda do nosso Pároco e participe da Santa Missa.
Dia 28 de agosto de 2014
  • As 6h30 Missa na Igreja Matriz de Nossa Senhora de Nazaré
  • As 16h00 Missa na Comunidade três Irmãos


27 de agosto de 2014

Santo Padre Alerta aos Paroquianos o Cuidado com as Fofocas

Santo Padre alertou sobre os pecados contra a unidade, a exemplo das fofocas nas paróquias



Na catequese desta quarta-feira, 27, na Praça São Pedro, Papa Francisco retomou o ciclo de catequeses sobre a Igreja. Ele refletiu sobre a unidade e a santidade da Igreja, destacando que a divisão é um dos pecados mais graves em uma comunidade cristã.

A unidade e a santidade na Igreja são frutos de Deus, e não da obra humana, disse o Papa. Porém, ao mesmo tempo em que a Igreja é santa por ser fundada em Jesus Cristo e animada pelo seu Espírito, ela é composta por pecadores, com suas fragilidades e misérias.

“Então, esta fé que professamos nos impele à conversão, a ter a coragem de viver cotidianamente a unidade e a santidade, e se nós não somos unidos, se não somos santos, é porque não somos fiéis a Jesus”.

Embora o desejo de Cristo seja que “todos sejam um só”, Francisco advertiu que há muitos pecados contra a unidade. Ele se referiu não somente aos cismas, mas aos chamados “pecados paroquiais”, a exemplo da fofoca.

“Às vezes, de fato, as nossas paróquias, chamadas a serem lugar de partilha e comunhão, são tristemente marcadas por inveja, ciúmes, antipatia…. E as fofocas são acessíveis a todos. Como se fofoca nas paróquias! Isto não é bom (…) esta não é a Igreja. Isto acontece quando almejamos os primeiros lugares; quando nos colocamos no centro”.

Olhando para a história da Igreja, o Papa recordou que já houve muitas divisões entre os cristãos e ainda agora essa é uma realidade. Mas isso não é cristão, disse Francisco, defendendo a unidade entre todos os cristãos, que é a vontade de Jesus.

“Em uma comunidade cristã, a divisão é um dos pecados mais graves, porque a torna sinal não da obra de Deus, mas da obra do diabo, que é por definição aquele que separa, que arruína as relações, que insinua preconceitos”.

Francisco convidou os fiéis a fazerem um exame de consciência e a pedirem perdão por todas as vezes em que causaram divisões ou incompreensões. “Façamos ressoar no nosso coração estas palavras de Jesus: ‘Bem aventurados os pacíficos, porque serão chamados filhos de Deus’ (Mt 5, 9).

25 de agosto de 2014

Paróquia Nossa Senhora de Nazaré acolhe 13 novas Ministras Extraordinárias da Comunhão Eucarística

Paróquia acolhe 13 novas Ministras e renova o mandato de duas
Fotos: Pascom Parazinho

A Paróquia de Nossa Senhora de Nazaré, Parazinho e Pedra Grande, acolheu 13 (treze) novas Ministras Extraordinárias da Comunhão Eucarística; a Missa de Investidura, ou seja, a Cerimônia que oficializa e nomeia as novas Ministras ocorreu neste último domingo (24) às 19h30m na Igreja Matriz de Nossa Senhora de Nazaré.

A formação das Ministras durou alguns meses e foi feita pelo Padre Ivanilson Alexandrino (Pároco). As treze novas Ministras da Eucaristia são ambas de Parazinho como também de Pedra Grande, e alguns distritos pertencentes às duas cidades.

Além das treze novas Ministras da Comunhão, outras duas já Ministras renovaram seus mandatos perante Deus e a comunidade católica presente a Santa Missa. Durante sua homilia o Padre Ivanilson Alexandrino destacou a função das Ministras da Comunhão na comunidade, funções essas que vão do zelo pela Eucaristia até a visita aos enfermos.