29 de junho de 2012


SANTO DO DIA
SÃO PEDRO E SÃO PAULO
São Pedro e São Paulo

A solenidade de São Pedro e de São Paulo é uma das mais antigas da Igreja, sendo anterior até mesmo à comemoração do Natal. Já no século IV havia a tradição de, neste dia, celebrar três missas: a primeira na basílica de São Pedro, no Vaticano; a segunda na basílica de São Paulo Fora dos Muros e a terceira nas catacumbas de São Sebastião, onde as relíquias dos apóstolos ficaram escondidas para fugir da profanação nos tempos difíceis.

E mais: depois da Virgem Santíssima e de São João Batista, Pedro e Paulo são os santos que têm mais datas comemorativas no ano litúrgico. Além do tradicional 29 de junho, há: 25 de janeiro, quando celebramos a conversão de São Paulo; 22 de fevereiro, quando temos a festa da cátedra de São Pedro; e 18 de novembro, reservado à dedicação das basílicas de São Pedro e São Paulo.

Antigamente, julgava-se que o martírio dos dois apóstolos tinha ocorrido no mesmo dia e ano e que seria a data que hoje comemoramos. Porém o martírio de ambos deve ter ocorrido em ocasiões diferentes, com são Pedro, crucificado de cabeça para baixo, na colina Vaticana e são Paulo, decapitado, nas chamadas Três Fontes. Mas não há certeza quanto ao dia, nem quanto ao ano desses martírios.

A morte de Pedro poderia ter ocorrido em 64, ano em que milhares de cristãos foram sacrificados após o incêndio de Roma, enquanto a de Paulo, no ano 67. Mas com certeza o martírio deles aconteceu em Roma, durante a perseguição de Nero.

Há outras raízes ainda envolvendo a data. A festa seria a cristianização de um culto pagão a Remo e Rômulo, os mitológicos fundadores pagãos de Roma. São Pedro e são Paulo não fundaram a cidade, mas são considerados os "Pais de Roma". Embora não tenham sido os primeiros a pregar na capital do império, com seu sangue "fundaram" a Roma cristã. Os dois são considerados os pilares que sustentam a Igreja tanto por sua fé e pregação como pelo ardor e zelo missionários, sendo glorificados com a coroa do martírio, no final, como testemunhas do Mestre.

São Pedro é o apóstolo que Jesus Cristo escolheu e investiu da dignidade de ser o primeiro papa da Igreja. A ele Jesus disse: "Tu és Pedro e sobre esta pedra fundarei a minha Igreja". São Pedro é o pastor do rebanho santo, é na sua pessoa e nos seus sucessores que temos o sinal visível da unidade e da comunhão na fé e na caridade.

São Paulo, que foi arrebatado para o colégio apostólico de Jesus Cristo na estrada de Damasco, como o instrumento eleito para levar o seu nome diante dos povos, é o maior missionário de todos os tempos, o advogado dos pagãos, o "Apóstolo dos Gentios".

São Pedro e são Paulo, juntos, fizeram ressoar a mensagem do Evangelho no mundo inteiro e o farão para todo o sempre, porque assim quer o Mestre.

28 de junho de 2012

TV CN TRANSMITIRÁ IMPOSIÇÃO DO PÁLIO 
A ARCEBISPOS BRASILEIROS
A TV Canção Nova fará a transmissão ao vivo às 4:00h (horário de Brasília) desta sexta-feira, 29, da Santa Missa na Solenidade de São Pedro e São Paulo. Na ocasião, o Papa Bento XVI fará a imposição do Pálio aos novos arcebispos metropolitanos nomeados pelo Santo Padre nesse último ano. O Pálio é uma espécie de colarinho de lã branca, com cerca de cinco centímetros de largura e dois apêndices. Nele estão bordadas seis cruzes. É confeccionado com a lã de dois cordeirinhos, ofertados ao Papa, no dia 21 de janeiro de cada ano, data da festa de Santa Inês. A lã posteriormente é tecida pelas monjas beneditinas do Mosteiro de Santa Cecília, em Roma.
Dentre os 44 novos arcebispos, oito são brasileiros. Destes sete atuam em arquidioceses no Brasil, e Dom Filippo Santoro, que foi bispo de Petrópolis (RJ), atualmente é Arcebispo de Taranto, na Itália.

Os sete arcebispos brasileiros são os seguintes:
- Dom Wilson Tadeu Jonck S.C.I. de Florianópolis (SC);
- Dom Jose Francisco Rezende Dias de Niterói (RJ);
- Dom Esmeraldo Barreto de Farias de Porto Velho (RO);
- Dom Airton Jose dos Santos de Campinas (SP);
- Dom Jacinto Furtado de Brito Sobrinho de Teresina (PI);
- Dom Paulo Mendes Peixoto de Uberaba (MG);
- Dom Jaime Vieira Rocha de Natal (RN).
Fonte: http://noticias.cancaonova.com/noticia.php?id=286623
A IGREJA CELEBRA HOJE  SANTO IRINEU DE LYON

Padre da Igreja, grego de nascimento, filho de pais cristãos, nasceu na ilha de Esmirna, no ano 130. Foi discípulo de Policarpo, outro Padre e santo da Igreja. Dele Irineu pôde recolher ainda viva a tradição apostólica, pois Policarpo fora consagrado bispo pelo próprio João Evangelista, o que torna importantíssimos os seus testemunhos doutrinais.
Muito culto e letrado em várias línguas, Irineu foi ordenado por são Policarpo, que o enviou para a Gália, atual França, onde havia uma grande população de fiéis cristãos procedentes do Oriente. Lá, trabalhou ao lado de Fotino, o primeiro bispo de Lyon, que, em 175, o enviou a Roma para, junto do papa Eleutério, resolver a delicada questão doutrinal dos hereges montanistas. Esses fanáticos, vindos do Oriente, pregavam o desprezo pelas coisas do mundo, anunciando o breve retorno de Cristo para o juízo final.
Contudo tanto o papa quanto Irineu foram tomados pela surpresa da bárbara perseguição decretada pelo imperador Marco Aurélio. Rapidamente, em 177, ela atingiu a cidade de Lyon, ocasionando o grande massacre dos cristãos, todos mortos pelo testemunho da fé.
Um ano depois, Irineu retornou a Lyon, onde foi eleito e aclamado sucessor do Bispo Mártir, Fotino. Nesse cargo ele permaneceu vinte e cinco anos. Ocupou-se da evangelização e combateu, principalmente, a heresia dos gnósticos, além das outras que proliferavam nesses primeiros tempos. Obteve êxito, junto ao papa Vitor I, na questão da comemoração da festa da Páscoa, quando lhe pediu que atuasse com moderação para manter a união entre a Igreja do Ocidente e a do Oriente.
A sua obra escrita mais importante foi o tratado "Contra as heresias", onde trata da falsa gnose, e depois, de todas as outras heresias da época. O texto grego foi perdido, mas existem as traduções latina, armênia e siríaca.
Importante não só do lado teológico, onde expôs já pronta a teoria sobre a autoridade doutrinal da Igreja, mas ainda do lado histórico, pois documentou e nos apresentou um quadro vivo das batalhas e lutas de então.
Mais tarde, outro tratado, chamado "Demonstração da pregação apostólica", foi encontrado inteiro, numa tradução armênia. Além de vários fragmentos de outras obras, cartas, discursos e pequenos tratados.
Irineu morreu como mártir no dia 28 de junho de 202, em Lyon, e sua festa litúrgica ocorre nesta data. As relíquias de santo Irineu estão sepultadas, junto com os mártires da Igreja de Lyon, na catedral desta cidade.


Santo Irineu de Lyon
130-202
Fonte: Paulinas Virtual

26 de junho de 2012

HOJE É DIA DE 
SÃO JOSÉ MARIA ROBLES HURTADO

A condição da Igreja no México foi muito difícil desde que entrou em vigor, em 5 de fevereiro de 1917, a nova Constituição anticlerical e anti-religiosa, depois do longo período de ditadura que a antecedeu.

O clero católico foi objeto de perseguições, ora mais ora menos intensas, com muitos religiosos, leigos e sacerdotes sendo brutalmente assassinados, exclusivamente por serem cristãos. Diga-se, mesmo, que não existia processo, o julgamento era instantâneo e a sentença sumária.

Dentre esses mártires encontramos padre José Maria Robles Hurtado. Ele nasceu em Mascota, Jalisco, na diocese de Tepic, no dia 3 de maio de 1888. Foi pároco de Tecolotlán, em Jalisco, onde difundia a fervorosa devoção ao Sagrado Coração de Jesus. Tamanho era seu entusiasmo que escrevia pequenas orações e poesias, que distribuía entre os fiéis para enriquecer ainda mais o culto e louvar o Senhor.
Amado e querido pelo seu rebanho, constituído de camponeses pobres e muito carentes. Para melhor atendê-los, fundou a Congregação das "Irmãs do Coração de Jesus Sacramentado".
Porém, no mês consagrado ao culto do Sagrado Coração de Jesus, em junho de 1927, a horrenda perseguição atingiu a sua paróquia em Tecolotlán, e ele foi levado e encarcerado.
Alguns dias, ou horas antes de ser morto, padre José Maria escreveu uma poesia, na qual expressou seus últimos desejos: "Desejo amar o teu Coração, Jesus meu, com participação total, desejo amá-lo com paixão, desejo amá-lo até o martírio. Com minh'alma te bendigo, meu Sagrado Coração; diga-me: aproxima-se o instante da feliz e eterna união?"
No dia 26 de junho de 1927, o padre José Maria, exatamente pelo grande amor à Cristo, foi amarrado numa árvore, na serra da Quila, em Jalisco, diocese de Autlan, e mantido assim até morrer. Dessa maneira, seguiu para a feliz e eterna união no Sagrado Coração de Jesus, coroado com seu martírio final.
O grupo de vinte e cinco mártires mexicanos no qual estava incluso foi beatificado, em 1992, pelo papa João Paulo II. Mais tarde, o mesmo pontífice, no ano de 2000, canonizou todos eles. A festa de são José Maria Robles Hurtado foi designada para o dia 26 de junho.

São José Maria Robles Hurtado
                                                                                                   1888-1927


Fonte: Paulinas Virtual                                                                       

24 de junho de 2012

PEREGRINAÇÃO DO PE. IVANILSON PARA ROMA
Durante os dias 25/06 a 02/07 o nosso administrador da Área Pastoral, o Pe. Ivanilson estará na Italia participando de uma peregrinação aos lugares santos, por ocasião da entrega do pálio a Dom Jaime. Esta peregrinação constará de visitas as grandes Basílicas Italianas e lugares santos onde viveram São Francisco e Santa Clara. Também visitará fatima em Portugal onde apareceu Nossa Senhora aos tres pastorinhos. No dia 29 o Pe. Ivanilson estará na Basilica de São Pedro no Vaticano, onde acontecerá a concelebração Eucaristica da Solenidade dos Apostolos Pedro e Paulo, presidida pelo Santo Padre o Papa Bento XVI, que entregará ao nosso Arcebispo Dom Jaime, o Palío. Rezemos pelo nosso pastor para que faça uma boa viajem e retorne preenchido da Graça de Deus pela experiencia lá vivída.

  ÁREA PASTORAL DE NOSSA SENHORA DE NAZARÉ, SEDIOU REUNIÃO DO 7º ZONAL

A Área Pastoral de Nossa Senhora de Nazaré, sediou sábado 23 de junho de 2012, uma reunião que foi destinada a todos os padre e leigos, das paroquias que formam o 7º zonal.
No primeiro momento o Pe. Edvan Araújo de Lucena, da Paróquia de Nossa Senhora Mãe dos Homens (João Câmara) cumprimentou os participantes da reunião, e logo mas, tratou de assuntos referentes ao “Encontrão do Povo de Deus”, que será realizado dia 29 de Julho do ano corrente, na Paróquia do mesmo,
E em outro momento, membros da comissão Arquidiocesana do Dízimo. Apresentaram aos presentes, um projeto de apoio ao abrigo de São Vicente de Paula, localizado em                 Ceará-Mirim, Que visa arrecadar notas fiscais para serem trocadas por fundos financeiros que serão revertidos ao determinado abrigo.






  Veja mas fotos no Orkut, e no facebook.
Orkut: Pascomparazinho@gmail.com
Facobook: paroquiadeparazinho@hotmail.com
Dom Jaime receberá pálio das mãos do Papa
No próximo dia 29, Solenidade de São Pedro e São Paulo, Dom Jaime Vieira Rocha estará entre os arcebispos, de várias partes do planeta, que receberão o pálio, das mãos do Papa Bento XVI. A cerimônia acontecerá na Basílica de São Pedro, no Vaticano. Receberão o pálio os arcebispos nomeados entre julho do ano passado até agora.

Dom Jaime viaja a Roma, nesta sexta-feira, dia 22, e retorna a Natal nos dias primeiros dias de julho. Também viajarão à capital italiana, para participar da celebração, os Arcebispos eméritos de Natal, Dom Heitor de Araújo Sales e Dom Matias Patrício de Macêdo, e um grupo de mais de vinte sacerdotes, além de fiéis leigos, entre os quais familiares de Dom Jaime.

Além de Dom Jaime, outros sete Arcebispos brasileiro receberão o Pálio. São os novos arcebispos de Florianópolis (SC), Petrópolis (RJ), Porto Velho (RO), Campinas (SP), Teresina (PI) e Uberaba (MG). No Brasil, atualmente, existem 44 sedes metropolitanas ou Arquidioceses.
O que é o pálio?

É uma espécie de colarinho de lã branca, com cerca de cinco centímetros de largura e dois apêndices, sendo um na frente e outro nas costas. Neste, são bordadas seis cruzes.

O pálio é confeccionado com a lã de ovelhas, ofertadas ao Papa por jovens romanas, no dia 21 de janeiro de cada ano, data da festa de Santa Inês. A lã é, posteriormente, tecida pelas monjas beneditinas, do Mosteiro de Santa Cecília, em Roma. Depois, os pálios são abençoados pelo Papa e colocados sobre o túmulo do Apóstolo São Pedro, na Basílica Vaticana. Anualmente, no dia 29 de junho, os pálios são levados do túmulo de São Pedro para a celebração eucarística e colocados sobre o colarinho dos novos arcebispos.
Foto: L'Oservatore Romano
Cerimônia da entrega dos pálios, em 2011. Na foto, os diáconos que auxiliaram o Papa. O último, à esquerda, é o Pe. Francisco Fernandes, de Natal, mas residente em Roma. Na época, ele era diácono. Fonte:ARQUIDIOCESE DE NATAL

22 de junho de 2012

PARAZINHO SEDIARÁ ENCONTRO DO 7º ZONAL
 
A Área Pastoral de Nossa Senhora de Nazaré, sediará um encontro do 7º Zonal.
O encontro está marcado para hoje, 23 de junho de 2012 às 8:00 horas, no centro pastoral de Parazinho.
O encontro será para os Padre e Leigos.

Desde já a comissão pastoral agradece a participação de todos.
IRMÃS URSULINAS VISITAM A ÁREA PASTORAL DE NOSSA SENHORA DE NAZARÉ

Atendendo ao convite do Padre Ivansilson Alexandrino, as irmãs Ursulinas da Ordem de Santa Úrsula, Alice Maria Borges e Irmã Velarci Coutinho, juntamente com a professora Edna Rodrigues, residentes em Salvador Bahia, nos dias 21 e 22 deste mês visitram a área Pastoral dos municípios de Parazinho e Pedra Grande, com intuito de conhecer o trabalho pastoral destas comunidades.

As irmãs participaram da missa tradicional da sexta feiras às 6h30 da manhã, onde foram apresentadas a comunidade e em seguida, visitaram alguns paroquianos, entre eles o prefeito e a primeira dama de Parazinho. No final da manhã se dirgiram a comunidade de Pedra Grande, onde igualmente, visitaram alguns paroquianos, como dona Zefinha ministra da Eucaristia e conheceram a Escola Municipal e o capela de São Francisco de Assis.

No final da tarde seguiram para a Paróquiara de Nossa Senhora de Lourdes, em Ipanguaçu onde realizarão um encontro de formação junto a comunidade.
Desejamos as irmãs uma Santa missão em Ipanguaçu e agradecemos sua visita em nossa comunidade, esperamos revê-las em breve.


21 de junho de 2012


HOJE É DIA DE SÃO LUIZ CONZAGA

São Luís Gonzaga

São Luís Gonzaga
Nasceu no dia 9 de março de 1568, na Itália. Foi o primeiro dos sete filhos de Ferrante Gonzaga, marquês de Castiglione delle Stiviere e sobrinho do duque de Mântua. Seu pai, que servia ao rei da Espanha, sonhava ver seu herdeiro e sucessor ingressar nas fileiras daquele exército. Por isso, desde pequenino, Luís era visto vestido como soldado, marchando atrás do batalhão ao qual seu pai orgulhosamente servia.

Entretanto, Luís não desejava essa carreira, pois, ainda criança fizera voto de castidade. Quando tinha dez anos, foi enviado a Florença na qualidade de pajem de honra do grão-duque de Toscana. Posteriormente, foi à Espanha, para ser pajem do infante dom Diego, período em que aproveitou para estudar filosofia na universidade de Alcalá de Henares. Com doze anos, recebeu a primeira comunhão diretamente das mãos de Carlos Borromeu, hoje santo da Igreja.

Desejava ingressar na vida religiosa, mas seu pai demorou cerca de dois anos para convencer-se de sua vocação. Até que consentiu; mas antes de concordar definitivamente, ele enviou Luís às cortes de Ferrara, Parma e Turim, tentando fazer com que o filho se deixasse seduzir pelas honras da nobreza dessas cortes.

Luís tinha quatorze anos quando venceu as resistências do pai, renunciou ao título a que tinha direito por descendência e à herança da família e entrou para o noviciado romano dos jesuítas, sob a direção de Roberto Belarmino, o qual, depois, também foi canonizado.

Lá escolheu para si as incumbências mais humildes e o atendimento aos doentes, principalmente durante as epidemias que atingiram Roma, em 1590, esquecendo totalmente suas origens aristocráticas. Consta que, certa vez, Luís carregou nos ombros um moribundo que encontrou no caminho, levando-o ao hospital. Isso fez com que contraísse a peste que assolava a cidade.

Luís Gonzaga morreu com apenas vinte e três anos, em 21 de junho de 1591. Segundo a tradição, ainda na infância preconizara a data de sua morte, previsão que ninguém considerou por causa de sua pouca idade. Mas ele estava certo.

O papa Bento XIII, em 1726, canonizou Luís Gonzaga e proclamou-o Padroeiro da Juventude. A igreja de Santo Inácio, em Roma, guarda as suas relíquias, que são veneradas no dia de sua morte. Enquanto a capa que são Luís Gonzaga usava encontra-se na belíssima basílica dedicada a ele, em Castiglione delle Stiviere, sua cidade natal.


Fonte: Paulinas Virtual

18 de junho de 2012

PARAZINHO IMPLANTA PASTORAL FAMILIAR


A Área Pastoral de Nossa Senhora de Nazaré (Parazinho e Pedra Grande) Criou sábado (15-06) a PASTORAL FAMILIAR, que visa evangelizar as famílias  começando com os país:
Vejam algumas imagens.

 



 
Mas fotos no Orkut e Facebook.

16 de junho de 2012

MISSA DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS





ESTES FORAM MOMENTOS DE AGRADECIMENTOS AO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS


 A IGREJA CELEBRA HOJE O IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA
 
Esta festa do Imaculado Coração de Maria celebra-se no sábado, após a festa do Sagrado Coração de Jesus
A história da devoção ao Coração de Maria tem seu fundamento no próprio Evangelho.
A profecia de Simeão abriu o caminho e apresentou na imagem do coração traspassado com uma espada, uma das representações mais populares.
Outra passagem bíblica que ilustra a devoção está em Lucas, que por duas vezes diz que Maria guardava e meditava todas as palavras de Jesus em seu coração.
No Evangelho, Isabel proclama Maria bem-aventurada porque acreditou nas palavras do anjo. O próprio Jesus diz: "Bem-aventurados os que ouvem a palavra de Deus e a põem em prática".

No século XVII, São João Eudes propagou a devoção ao Coração de Maria e a tornou pública. Instituiu várias sociedades religiosas para defesa e promoção da devoção, que são citadas no seu livro "Coração Admirável", publicado em 1681.

Depois de repetidos pedidos, em 08 de dezembro de 1942, vigésimo quinto aniversário das aparições em Fátima, o Papa Pio XII dedicou a Igreja e o gênero humano ao Coração Imaculado de Maria.
Instituiu a festa do Imaculado Coração de Maria no sábado, após a Festa do Sagrado Coração de Jesus. 


15 de junho de 2012

CONVITE

ARQUIDIOCESE DE NATAL
ÁREA PASTORAL DE NOSSA SENHORA DE NAZARE – PARAZINHO E PEDRA GRANDE/RN
CONVITE:
            Queremos convidar você;_______________________________________ e
 sua esposa _________________________________________________ para participar de uma reunião que acontecera no dia 16 de junho de 2012, as 19 horas no Centro de Convivência do Idoso. Na ocasião estaremos formando a Pastoral Familiar na nossa comunidade católica de Nossa Senhora de Nazaré. Contaremos com a participação do casal da Pastoral familiar de Natal Silvio e Eliege. Desde de já agradecemos a todos que se fizerem presente e rogamos a Deus as benções do Céu.
“Família Santuário da Vida”
Beato João Paulo II
                                                                                           Pe.Ivanilson Alexandrino
Responsável Pela Área Pastoral

ARCEBISPO METROPOLITANO DOM JAIME VIEIRA ROCHA PUBLICA NOTA SOBRE PADRES NA POLÍTICA

Dom Jaime Vieira Rocha - arcebispo metropolitano de Natal, movido pelo zelo e solicitude pastoral para com o Povo de Deus a si confiado, frente às últimas notícias veiculadas pela imprensa potiguar, de que algum padre do clero natalense estaria disposto a participar do pleito eleitoral que se aproxima, como candidato a um cargo político, vem, por este comunicado, prestar os seguintes esclarecimento aos fiéis católicos e à opinião pública em geral:
1. É de pleno conhecimento dos padres da Arquidiocese de Natal as reiteradas exortações publicadas pelos Bispos que nos precederam no governo da Igreja Católica no Rio Grande do Norte, nas quais deixam claro a posição dessa mesma Igreja vedando a participação ativa de qualquer padre em partidos políticos ou como candidatos no processo eleitoral;
2. Que a aplicação das normas da Igreja, funda-se nos preceitos canônicos a que todos já conheceram, antes da ordenação, e que de livre e espontânea vontade aderiram e prometeram obediência, em benefício da promoção e manutenção da paz e da concórdia entre os homens, fundamentada na justiça.
3. Que o Código de Direito Canônico, que é o Direito universal da Igreja Católica, a que todos os fiéis obrigam-se à observar, ao tratar do que é conveniente ou não ao estado clerical, prescreve:
a) Cân. 285 - § 1º. Os clérigos se abstenham completamente de tudo o que não convém a seu estado, de acordo com as prescrições do direito particular.
b) § 2º. Os clérigos evitem tudo o que, embora não inconveniente, é, no entanto, impróprio ao estado clerical.
c) § 3º. Os clérigos são proibidos de assumir cargos públicos que impliquem participação no exercício do poder civil.
d) Cân. 287 - § 1º. Os clérigos promovam sempre e o mais possível a manutenção, entre os homens, da paz e da concórdia fundamentada na justiça.
e) § 2º. Não tenham parte ativa nos partidos políticos e na direção de associações sindicais (...).
Temos a convicção de que é dever de cada fiel batizado, e de cada padre, em particular, participar ativamente das lutas do povo pela efetividade dos direitos sociais básicos, como educação, saúde, segurança e moradia, entre outros, com consciência e maturidade. No entanto, torna-se imperativo para cada padre, para o bem do Povo de Deus, conservar incólume sua identidade sacerdotal, mantendo-se fiel ao que é específico do ministério ordenado e observando as orientações do Magistério da Igreja.

É votando que os cidadãos exprimem livremente a sua opção política. Assim, as eleições democráticas são a garantia de legitimidade no exercício do poder político.
Então, todos devemos colaborar para que o processo eleitoral que se aproxima seja assumido pelos candidatos e eleitores como mais uma oportunidade do exercício da democracia e da cidadania ativa, com eleições livres, equitativas e transparentes.
Assim, todos temos o dever, como pastores, de animar a todos os cristãos a participar na vida política, enquanto que a Igreja continuará, na sua missão profética, a denunciar os abusos e todas as formas de chantagem no processo eleitoral.
Podemos, sim, ser a voz crítica, objectiva e realista dos que não têm voz, sem comprometer a nossa imparcialidade e autoridade de pastores. Em nenhum caso devemos assumir uma posição em favor de algum candidato ou partido político.
Por fim, tornamos público o apelo que fazemos a cada padre, que porventura esteja filiado a algum partido político, que, em nome da solicitude e caridade pastoral que devotamos ao Povo de Deus, realizem a desfiliação, como sinal e testemunho pessoal de fé e de caridade, de profunda adesão ao dever que temos de promover a unidade, como fruto da espiritualidade vivida, de renúncia e despojamento de si mesmo, em favor de toda a Igreja de Cristo.

Natal-RN, 14 de junho de 2012.

DOM JAIME VIEIRA ROCHA
Arcebispo Metropolitano de Natal

IGREJA DE SANTO ANTÔNIO COMUNIDADE DE LAJÊDO - PEDRA GRANDE/RN
CELEBRAÇÃO REALIZADA NO DIA 13 DE JUNHO DIA DO SEU PADROEIRO.


14 de junho de 2012

Devoção ao Sagrado Coração de Jesus

Estamos celebrando hoje o segundo dia do Tríduo ao Sagrado Coração de Jesus. Venha participar e traga a sua família, missa as 19 horas na Igreja de Nossa Senhora de Nazaré.

ARQUIDIOCESE DE NATAL
ÁREA PASTORAL DE NOSSA SENHORA DE NAZARE – PARAZINHO E PEDRA GRANDE/RN

CONVITE:

            Queremos convidar você;_______________________________________ e

 sua esposa _________________________________________________ para participar de uma reunião que acontecera no dia 16 de junho de 2012, as 19 horas no Centro de Convivência do Idoso. Na ocasião estaremos formando a Pastoral Familiar na nossa comunidade católica de Nossa Senhora de Nazaré. Contaremos com a participação do casal da Pastoral familiar de Natal Silvio e Eliege. Desde de já agradecemos a todos que se fizerem presente e rogamos a Deus as benções do Céu.

“Família Santuário da Vida”
Beato João Paulo II


                                                                                           Pe.Ivanilson Alexandrino
Responsável Pela Área Pastoral

12 de junho de 2012

     Festa de Santo Antonio Padroeiro da Comunidade de Lajedo, neste dia 13 de junho as 19horas, Santa Missa, teremos barracas e Benção dos Pães. Após a Missa  Show Louvo. 
Venha Participar e traga toda a sua família!!!

8 de junho de 2012