31 de outubro de 2012

8º MUTIRÃO BRASILEIRO DE COMUNICAÇÃO É LANÇADO EM NATAL

O auditório do Laboratório de Comunicação, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN, em Natal, ficou lotado, na manhã desta quarta-feira, 31 de outubro, no lançamento do 8º Mutirão Brasileiro de Comunicação. O lançamento aconteceu exatamente um ano antes do Mutirão, que será sediado em Natal (RN), no campus da UFRN, de 27 de outubro a 01 de novembro de 2013.

Na abertura da solenidade de lançamento, o Arcebispo de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha, destacou a importância da comunicação para a Igreja, fazendo referências ao Documento Inter Mirifica, do Concílio Vaticano II. Quanto aos Mutirões de Comunicação, Dom Jaime reconhece que estes têm “se desenvolvido e alcançado grande importância para a Igreja e para a comunicação, de um modo geral”.

A parceria entre as instituições promotoras do Mutirão -  Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB, Signis Brasil, Arquidiocese de Natal e Universidade Federal do Rio Grande do Norte - foi ressaltada nas palavras do bispo Dom Manoel Delson Pedreira da Cruz, referencial da Pastoral da Comunicação no Regional Nordeste 2 e membro da Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação, da CNBB. “É a primeira vez que o Mutirão Brasileiro acontece em uma universidade federal. Isso dá mais visibilidade ao evento e favorece envolver mais os estudantes e professores de comunicação social.  Parabéns à UFRN, por participar desta parceria”, ressaltou Dom Delson.  O 8º Mutirão Brasileiro de Comunicação entrou no calendário de atividades acadêmicas da UFRN, para 2013, como um projeto de extensão universitária.

A reitora da UFRN, professora Ângela Paiva, foi representada na solenidade pelo superintendente de comunicação da Universidade, professor José Zilmar Alves da Costa. “Desde os primeiros contatos da Igreja com a UFRN, a reitora sempre se mostrou aberta à parceria. Ele tem a compreensão de que é um bom momento para que um tema tão relevante – comunicação e participação cidadã – seja colocado em pauta por promotores que têm respaldo na sociedade, como a Igreja Católica e a Universidade Federal”, enfatizou o professor Zilmar.

Durante a manhã, o coordenador geral do 8º Muticom, Padre Edilson Nobre, fez uma apresentação do que será o 8º Mutirão Brasileiro de Comunicação, inclusive a programação dos seis do evento. Os presentes também conheceram a Canção do 8º Muticom, que foi escolhida em concurso, e tem letra do professor Francisco Morais, de Natal, e música do compositor potiguar, Ismael Dumangue.

A segunda parte da programação de lançamento foi dedicada a uma palestra sobre o tema do Muticom: “Comunicação e participação cidadã: meios e processos”, proferida pelo diretor executivo da Agência de Notícias Adital, de Fortaleza (CE), Padre Ermanno Alegri.  “Sentimos necessidade de uma comunicação com participação cidadã”, disse o padre.  Em relação aos meios e processos, ele afirmou que a Igreja precisa cuidar mais da profissionalização. “Devemos acreditar que se temos valores a comunicar, temos que investir e crescer e, para isso, profissionalizar as pessoas que trabalham nos meios de comunicação da Igreja”, sublinhou.

Toda a solenidade de lançamento foi transmitida, em tempo real, pela internet, através do site www.muticom.com.br  e pelas redes sociais.

Ainda nesta quinta-feira, das 14 às 15 horas, a Rádio Rural de Natal AM 1090 e outras emissoras de rádio levaram ao ar o “Especial Muticom”. Um programa radiofônico em preparação para o 8º Mutirão, com a participação da Irmã Élide Fogolari, assessora da Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação, da CNBB; Irmã Helena Corazza, presidente da Signis Brasil; professor Miguel Pereira, da PUC/RJ e um dos coordenadores do 7º Mutirão, realizado em 2011; dos coordenadores da oitava edição do Mutirão; e  do Arcebispo de Natal, Dom Jaime Vieira. O programa ainda contou com a participação de pessoas de vários estados do Brasil, que já estão se mobilizando e articulando as comunidades para participarem do encontro, no próximo ano.

A programação, bem como o ‘Especial Muticom’,  a canção, sugestões de hospedagem e outras informações sobre o 8º Mutirão Brasileiro de Comunicação estão disponíveis no site www.muticom.com.br.
Fotos: José Bezerra
Da esq.: Dom Manoel Delson, Dom Jaime, Pe. Edilson Nobre e prof. José Zilmar
Participantes da solenidade, no auditório do Laboratório de Comunicação, da UFRN
Padre Ermanno Alegri, conferencista
Fonte:  http://www.arquidiocesedenatal.org.br/

MATRIZ DE PINTURA NOVA SE PREPARA PARA A FESTA DA PADROEIRA

A Paróquia Nossa Senhora Mãe dos Homens, de João Câmara começa a se prepara para a festa de sua padroeira, Nossa Senhora Mãe dos Homens que começa no finalzinho de novembro e termina no dia 8 de dezembro.
De piso novo, pintura nova e iluminação especial, a igreja matriz renova-se e transforma-se em um “cartão postal” para seus visitantes. O prédio passou ao longo dos dois últimos anos por uma grande reforma, com a construção da capela para o Santíssimo, a pracinha de Nossa Senhora ao lado direito, altar todo em mármore, piso no, portas e pintura nova.
Todo esse trabalho tem sido fruto de um esforço do administrador paroquial, padre Edvan e os paroquianos.
 
 Matriz ganha pintura e iluminação nova 

RECÍRIO ENCERRA AS FESTIVIDADES DE NOSSA SENHORA DE NAZARÉ


Foto: João Paraense

“Eu sou de lá, Terra onde o outubro se desdobra sem ter fim, Onde um só dia vale a vida que eu vivi. Domingo Santo que não posso descrever. Pois há de ser mistério agora e sempre...”. E com essa música de autoria do Pe. Fábio de Melo, cantada por Fafá de Belém, mais um Círio se encerra. O 220° Círio de Nazaré. Mais de 50 mil fiéis acompanharam na manhã de hoje, 29, a última das 11 procissões da quadra nazarena, o Recírio.
Visivelmente emocionados, fiéis puderam presenciar a subida da Imagem Original de Nossa Senhora de Nazaré ao Glória do Altar-Mor, onde fica até a programação do próximo ano.
A Imagem é a mesma encontrada pelo caboclo Plácido, às margens do Rio Murucutu. Fora o período do Círio, a Imagem só desce do Glória quando se comemora o aniversário de elevação da Basílica à Santuário, no mês de maio.
Após a subida da imagem, o Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira, celebrou a missa do Recírio, às 6h, na Praça Santuário. Durante o trajeto do Recírio, a Imagem Peregrina da Virgem de Nazaré foi conduzida por um percurso de 650 metros. É o menor trajeto entre as 11 romarias oficiais. A procissão contornou a Praça Santuário, seguindo pelas avenidas Generalíssimo Deodoro, Nazaré e Magalhães Barata até chegar à Capela do Colégio Gentil Bittencourt. O percurso foi cumprido em cerca de 45 minutos e, segundo estimativas do Dieese no Pará e da Diretoria da Festa de Nazaré, reuniu aproximadamente 50 mil pessoas.
Num percurso de 650 metros, a Imagem Peregrina foi saudada e aclamada pelos fiéis. E mais uma vez o Círio de Nazaré 2012 encerrou, marcado por fé e devoção. E há quem já está ansioso pelas festividades do próximo ano.
A Festa de Nazaré é uma realização da Arquidiocese de Belém, Basílica Santuário de Nazaré, Diretoria da Festa de Nazaré, Governo do Estado do Pará e Prefeitura de Belém.
História - A primeira procissão do Recírio remonta à metade do século XIX, mais precisamente o ano de 1859. Antigamente, o Recírio era feito no domingo à tarde com a volta da Imagem para a Capela do Palácio do Governo, fato já relatado em 1859. Ainda conhecido como 'Último Ato da Festividade Nazarena', ao chegar na Praça em frente ao Palácio, a procissão era encerrada com uma missa e com o disparo de fogos de artifício. Atualmente, após a missa no Altar Monumento, leva-se à Imagem para a Capela do Colégio Gentil Bittencourt. O grande final da última procissão é marcado pelo aceno dos lenços brancos e pela forte oração em grupo da Guarda de Nazaré, nas escadarias do Colégio Gentil.
Imagem - A Imagem encontrada por Plácido tem 28 centímetros de altura e fica no Glória, sobre o Altar-mor da Basílica Santuário de Nazaré, numa redoma de cristal antiprojétil. Reproduz uma senhora portuguesa e, nas nuvens onde repousa, pode-se ver um rostinho de anjo. Traz no braço esquerdo um menino aparentando dois anos de idade, que carrega um globo.

NOTA DE DOM ODILO SCHERER PELA PAZ

Cardeal Dom Odilo Pedro Scherer
Arcebispo de São Paulo

Que a paz reine em toda a cidade!
Os fatos de violência e morte acontecidos em São Paulo nestes últimos dias nos enchem de apreensão e tristeza. As vidas ceifadas, a dor dos familiares, a insegurança e o medo que se abatem sobre muitos não nos podem deixar indiferentes.

A vida de cada pessoa é preciosa e deve ser respeitada; a justiça com as próprias mãos, não importando os motivos, é uma escolha errada e a violência não é capaz de produzir a paz; ela só gera ódio e mais violência.
Por isso, ao mesmo tempo que me solidarizo com as pessoas que são vítimas dessa onda de violência e faço minha a dor de cada uma, não posso deixar de desaprovar o recurso à violência para a solução de conflitos ou para a afirmação de interesses. Faço um apelo veemente à calma e à reflexão, para que se desarmem os espíritos e se deixem de lado as armas de morte!

Que o caminho para a paz em nossa Cidade seja o respeito profundo por todo ser humano, o diálogo e a promoção da verdadeira justiça social. Que a cidade de São Paulo seja casa acolhedora para todos. Que o Deus do amor e da paz habite nossa cidade e nos proteja!

São Paulo, 29.10.2012
Cardeal Dom Odilo Pedro Scherer
Arcebispo de São Paulo.