17 de outubro de 2012

NOTA DE FALECIMENTO DA COORDENADORA DO MOVIMENTO APÓSTOLICO DA MÃE RAINHA, NA PARÓQUIA DE SÃO LUCAS, NO CONJUNTO AMARANTE, ENTRE FILHOS E NETOS.

Em face da morte chega ao auge o enigma da condição humana. Sabemos que é difícil compreender e aceitar tamanho mistério da morte. Porém o germe da eternidade que todo cristão traz em si desde o batismo, insurge-se contra a morte. E já vivenciando o ano da Fé proclamado pelo santo padre Bento XVI, no ultimo dia 11 do mês corrente, a fé cristã ensina que a morte corporal, será vencida quando, pela onipotência e misericórdia do Salvador, o homem for integrado no estado perdido pelo pecado. Deus chamou Dona Bezinha e os outros para unir-se a Ele com toda a sua natureza, em perpétua comunhão com a vida divina incorruptível, da qual a Mãe Rainha, assunta ao céu, já participa como antecipação da nossa própria ressurreição.
Por maior que seja a dor, desejamos a está família que já não se encontra com os dois grandes pilares de amor e esperança que lhe eram transmitidos pelo testemunho cristão de Bezinha (Isabel dos Santos Conceição) e sua filha (Aída dos Santos Conceição), que mesmo diante dos grandes abalos que a vida nos surpreende, mas em Deus, somente n’Ele, encontramos força e consolo para superá-los. Não murmuremos contra Deus e o céu. Mas, entreguemos todo este momento de sofrimento nos braços de Virgem Maria, deixando que nossa Mãe e Rainha conceda a todos que viveram essa Romaria Arquidiocesana do Movimento Apostólico as graças que brotam do Santuário original em Shoenstatt: o Abrigo Espiritual, a Transformação Interior e a Fecundidade Apostólica. Acreditamos que se pretendemos não esquecer todos os que nos antecederam: Isabel dos santos Conceição, 73 anos; seus filhos, Aída dos Santos Conceição, 43 anos e Magno Heider dos Santos, 59 anos; a neta Ana Aída Tomaz, 19 anos; e a bisneta Clara Beatriz dos Santos Gomes, 7 anos, precisamos continuar firmes na fé e na missão de semear o Amor a Deus, sua Igreja e a Mãe Maria Santíssima. Pois, só assim, temos a certeza que ela (D. Bezinha) junto a seus filhos e netas descansarão em Paz. A todos eles(falecidos) que como o Pe. José Kentenich “heróis de Shoenstatt” porque peregrinavam ao Santuário, em obediência ao que reza o movimento, que todo shoenstatiano deve ao menos uma vez ao ano ir ao Santuário para oferecer o Capital de Graças. Numa lógica cristã entendemos que neste ultimo dia 14 de outubro de 2012 estes nossos irmãos fizeram sua gratidão e entrega, arrependimento e projetos definitivos. A todos os familiares e membros do Movimento de Shoenstatt, a esperança de que ganhando intercessores no céu. O Senhor Deus da vida conceda-nos, por sua Santíssima Mãe, Rainha e Vencedora de Shoenstatt forças para promover neste mundo uma cultura da aliança, rumo ao centenário da Aliança.

Com condolências,

 Pe. Fábio Pinheiro Bezerra,
 assistente eclesiástico da Campanha da Mãe Rainha e
 toda Coordenação Diocesana.


P.S.: a missa no 7º dia de falecimento de Dona Bezinha e seus familiares será celebrada no próximo dia 20, sábado, às 19 horas, na capela de Santo André, na Comunidade Jardim Lola, Paróquia de São Lucas, Conjunto Amarante, São Gonçalo do Amarante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário