12 de novembro de 2012

ÁREA PASTORAL RECEBE PEDAÇO DO CÍRIO VINDA DIRETAMENTE DE BELÉM DO PARÁ

Na noite de ontem, domingo dia 11 de novembro de 2012 a Área Pastoral de Nossa Senhora de Nazaré viveu momentos de fé e alegria ao receber um pedaço da corda do Círio de Nazaré e uma replica da berlinda vindas diretamente de Belém do Pará. A corda de mas ou menos 30 cm, foi da festa do Círio do ano de 2000.

A corda veio para a Área Pastoral através de uma devota amiga do Pe. Ivanilson Alexandrino, que sempre vai à festa da virgem de Nazaré, em Belém do Pará. Os símbolos de fé para os fieis devotos de Nossa Senhora de Nazaré foram doados a nossa Igreja.
O pedaço da corda (Círio) estará em nossa Igreja Matriz para apreciação dos fieis até o final da festa da Padroeira.

Estes festejos fazem parte da programação da festa da Padroeira deste ano, que iniciará segunda-feira dia 19 de novembro, com a 4º procissão motorizada saindo do distrito de Nova Jerusalém, com destino a Igreja Matriz onde teremos a abertura do novenário.

Você que tem moto, carro, bicicleta ou outro meio de transporte, sinta-se convidado a participar.

História da CordaDurante a procissão de 1855, quando a berlinda ficou atolada por conta de uma grande chuva, a Diretoria da Festa teve a ideia de arranjar uma grande corda, emprestada às pressas de um comerciante, para que os fiéis puxassem a berlinda. A partir daí, os organizadores do Círio começaram a se prevenir, levando sempre uma corda durante a romaria. Mas só no ano de 1885, a corda foi oficializada no Círio, substituindo definitivamente os animais que puxavam a berlinda. No Círio de 1926, o arcebispo Dom Irineu Jofilly suprimiu a corda do Círio, já que “não compreendia o comportamento na corda, onde homens e mulheres se empurravam em atitudes nada devotas”. A proibição gerou várias manifestações populares e políticas, mas chegou a durar cinco anos. Só em 1931, com intervenção pessoal de Magalhães Barata, então governador do Estado, a corda voltou a fazer parte do Círio.










Nenhum comentário:

Postar um comentário