20 de março de 2013

PAPA FRANCISCO RECEBE REPRESENTANTES DE OUTRAS RELIGIÕES


Às 12:30hs de Roma (8:30hs no Brasil) desta quarta-feira, 20 de março, o Papa Francisco recebeu, no Palácio Apostólico do Vaticano, os delegados irmãos de outras religiões.

O Santo Padre teve a oportunidade de se encontrar com o Patriarca Ecumênico de Constantinopla, Bartolomeu I, o Metropolita Hilarion, do Patriarcado de Moscou, os delegados de Igrejas, comunidades eclesiais e organismos ecumênicos internacionais e o diretor do Congresso Judaico Latino-americano, o argentino Cláudio Epelman.

No início do encontro, o patriarca de Constantinopla, Bartolomeu I, representando todos os presentes, falou sobre a eleição do Santo Padre. "Louvamos pela sua eleição que foi inspirada por Deus", disse.

O patriarca ainda teceu elogios ao Papa emérito, Bento XVI, que segundo ele, era um homem de riqueza teológica imensurável. "Bento XVI um homem distinto em sua inteligência", ressaltou.

Ao falar sobre a pessoa de Papa Francisco que sempre esteve ligado às questões sociais quando esteve à frente da arquidiocese de Buenos Aires, Bartolomeu I o considerou um homem que vive o Evangelho em atenção aos mais pequenos.

"Parabéns pelo seu trabalho de bom samaritano na América Latina", salientou.

O Santo Padre, por sua vez, iniciou seu discurso pedindo orações pelo pontificado que acabou de iniciar. "Eu peço a vós uma especial oração para que eu possa ser um pastor segundo o coração de Deus", disse.

Papa Francisco também fez referências aos judeus e muçulmanos presentes, os quais, segundo ele, também professam e creem em um Único Deus. Para eles e os demais, o Santo Padre pediu que todos possam auxiliar o homem na busca de sentido da sua existência.

"O homem perdeu o sentido da busca pelo absoluto. Ele se reduziu àquilo que produz e àquilo que consome e isso se torna perigoso no nosso tempo", ressaltou.

Fonte: Canção Nova Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário