29 de junho de 2013

ÁREA PASTORAL DE NOSSA SENHORA DE NAZARÉ REALIZA “ARRAIÁ DAS PASTORAIS” COM GRANDE ESTILO

Com um clima festivo e muito alegre a Área Pastoral de Nossa Senhora de Nazaré em Parazinho, realizou hoje (28) sua primeira edição do “Arraiá das Pastorais” o encontro fraternal juntou: lideres de pastoral, membros e coordenação da Área Pastoral.

Para inicio de festa, o Pe. Ivanilson Alexandrino (responsável pela Área Pastoral) deu as boas vindas e os presentes puderam ficar ao som de Vanessa Silva, grande cantora de João Câmara o show foi seguido do momento de partilha com comidas típicas e muito mais.

O evento teve ainda: gato no pote, e para terminar uma maravilhosa quadrilha improvisada contando com ilustres participações. Lembramos que amanhã (29) será a vez de Pedra Grande realizar o grande festejo junino de confraternização entre membros de pastoral.

Confiram os melhores momentos, mais fotos na página da Área Pastoral no facbook: Nazaré Parazinho. Fotos Pascom Parazinho.

 Da esquerda: Maria, Rita, Pe. Ivanilson, Gabriela Martins e Paizinha
Grandes Mulheres...
 O tocador de Tiquinho
 Momento do casamento na quadrilha
  Da esquerda: Vanessa, Emanoel, Pe. Ivanilson e amigos que vinheram prestigiar a festa

 Entrada da Festa








26 de junho de 2013

CONGREGAÇÃO REDENTORISTA VAI MARCAR PRESENÇA NA JMJ

redentorjm
A Congregação dos Missionários Redentoristas estará representada na Jornada Mundial da Juventude pela participação da Juventude Redentorista e religiosos das províncias e institutos ligados a Congregação do Santíssimo Redentor. Para marcar presença, os jovens redentoristas que irão à JMJ participarão da programação do evento como todos os peregrinos, mas, além disso, um stand da Congregação Redentorista será montado na Feira Vocacional que acontecerá durante o grande evento da Juventude no Rio de Janeiro. A Feira Vocacional será realizada entre os dias 23 e 26 de julho, das 8h às 20h, na Quinta da Boa Vista e os redentoristas farão a participação suscitando vocações e divulgando a missão, o carisma e sua presença no mundo.

Segundo Irmão Ernesto Coelho da Costa, missionário redentorista responsável pelo stand na congregação na Feira Vocacional, haverá participação de diversas províncias e institutos. “Cada província e institutos ligados à congregação levarão materiais próprios para a divulgação e, em comum, teremos um material da Família Redentorista”, contou. De uma forma animada o stand da congregação redentorista contará com a participação do PEI ( Projeto de Evangelização Infantil), que levará bonecos  de animação para falar sobre vocação, religião, e como ser missionário redentorista. Na expectativa de receber muitos jovens, Irmão Ernesto afirma que através da JMJ os redentoristas desejam se tornar mais conhecidos. “Como teremos muitos jovens reunidos, a expectativa é divulgar a missão redentorista para que seja conhecida em todo o mundo”, espera.

Fonte: A12

AUDIÊNCIA GERAL: "SEJAM PEDRAS VIVAS DA IGREJA"

 
Papa Francisco encontrou-se, na manhã desta quarta-feira, na Praça São Pedro, no Vaticano, com os inúmeros peregrinos e fiéis, provenientes das diversas partes do mundo, para a Audiência Geral.

Em sua catequese semanal, o Santo Padre refletiu sobre o tema: “A Igreja: templo do Espírito Santo”. De fato, uma das imagens que ilustra o mistério da Igreja é a de Templo de Deus. No Antigo Testamento, o Templo, construído por Salomão, era o lugar por excelência do encontro com Deus, pois ali estava conservada a Arca da Aliança, sinal da presença do Senhor no meio do seu povo.

Este Templo, porém, era a prefiguração da Igreja, que é a verdadeira Casa de Deus, disse o Papa:

“A Igreja é a Casa de Deus, o lugar da sua presença, onde podemos encontrar o Senhor; a Igreja é o Templo onde mora o Espírito Santo, que a anima, guia e sustenta. A pedra angular da Igreja é Cristo e todo cristão batizado é como uma pedra viva deste edifício espiritual.”

O Espírito Santo, com seus dons, explicou depois o Papa, designa a variedade e a riqueza na Igreja e une tudo e todos, a ponto de construir um templo espiritual. Em tal construção, nós não oferecemos sacrifícios materiais, mas oferecemos a nós mesmos, a nossa vida. E o Papa continuou:

“A Igreja não è um entrelaçado de coisas e de interesses, mas é o Templo do Espírito Santo, onde Deus atua; onde cada um de nós, mediante o dom do Batismo, se torna pedra viva. Isso significa que na Igreja, ninguém é inútil, ninguém é secundário ou anônimo: todos nós formamos e construímos a Igreja”.

Isto, porém, nos faz refletir, disse o Santo Padre, sobre o fato de que, se faltar o tijolo da nossa vida cristã, falta alguma coisa para embelezar a Igreja. E concluiu: “Peçamos a graça e a força ao Senhor, para que possamos estar unidos a Cristo, pedra angular, que sustenta a nossa vida e a vida de toda a Igreja”.

Ao término da sua catequese de hoje, Papa Francisco passou a cumprimentar os diversos grupos presentes, em diversas línguas. Eis o que disse aos fiéis de língua portuguesa:

“Queridos peregrinos de língua portuguesa, de modo particular os brasileiros de Goiânia e de Santa Maria. Sejam bem vindos! Saúdo-os como pedras vivas do edifício espiritual, que é a Igreja, encorajando-os a permanecer profundamente unidos a Cristo, para que, animados pelo seu Espírito, possam contribuir para a edificação de uma Igreja sempre mais bela. Abençôo todos vocês e as suas comunidades”.

Por fim, o Santo Padre concedeu aos presentes a sua Bênção Apostólica.

Fonte: Rádio Vaticano

23 de junho de 2013

NA ÍNTEGRA, ANGELUS COM PAPA FRANCISCO DESTE DOMINGO,23

 
Queridos irmãos e irmãs, bom dia!

No Evangelho deste domingo ressoa uma das palavras mais incisivas de Jesus: “Quem quiser salvar a sua vida, perdê-la-á; mas quem sacrificar a sua vida por amor de mim, salva-la-á” (Lc 9, 24).

Aqui há uma síntese da mensagem de Cristo, e é expressa com um paradoxo muito eficaz, que nos faz conhecer o seu modo de falar, quase nos faz ouvir a sua voz…

Mas o que significa “perder a vida por causa de Jesus”? Isso pode acontecer de dois modos: explicitamente confessando a fé ou implicitamente defendendo a verdade. Os mártires são exemplos máximos do perder a vida por Cristo. Em dois mil anos há uma série imensa de homens e mulheres que sacrificaram a vida para permanecerem fiéis a Jesus Cristo e ao seu Evangelho. E hoje, em tantas partes do mundo, há tantos, tantos, – mais que nos primeiros séculos – tantos mártires que dão a própria vida por Cristo, que são levados à morte para não renegar Jesus Cristo. Esta é a nossa Igreja. Hoje temos mais mártires que nos primeiros séculos! Mas há também o martírio cotidiano, que não comporta a morte, mas também esse é um “perder a vida” por Cristo, cumprindo o próprio dever com amor, segundo a lógica de Jesus, a lógica da doação, do sacrifício. Pensemos: quantos pais e mães todos os dias colocam em prática a sua fé oferecendo concretamente a própria vida pelo bem da família! Pensemos nisto! Quantos sacerdotes, frades, irmãs desenvolvem com generosidade o seu serviço pelo reino de Deus! Quantos jovens renunciam aos próprios interesses para dedicar-se às crianças, aos deficientes, aos idosos… Também esses são mártires! Mártires cotidianos, mártires do dia-a-dia!

E depois há tantas pessoas, cristãos e não cristãos, que “perdem a própria vida” pela verdade. E Cristo disse “eu sou a verdade”, então quem serve à verdade serve a Jesus.

Uma dessas pessoas, que deu a vida pela verdade, é João Batista: propriamente amanhã, 24 de junho, é a sua grande festa, a solenidade do seu nascimento. João foi escolhido por Deus para preparar o caminho diante de Jesus, e o indicou ao povo de Israel como o Messias, o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo (cfr Jo 1, 29). João consagrou-se todo a Deus e ao seu enviado, Jesus. Mas, no final, o que aconteceu? Foi morto por causa da verdade, quando denunciou o adultério do rei Herodes e de Herodíades. Quantas pessoas pagam por preço caro o compromisso pela verdade! Quantos homens justos preferem ir contracorrente, de modo a não renegar a voz da consciência, a voz da verdade! Pessoas justas, que não têm medo de ir contracorrente! E nós, não devemos ter medo! Entre vocês há tantos jovens. A vocês jovens digo: não tenham medo de ir contracorrente, quando nos querem roubar a esperança, quando nos propõem estes valores que estão danificados, valores como a comida estragada e quando uma comida está estragada, nos faz mal; estes valores nos fazem mal. Devemos ir contracorrente! E vocês, jovens, sejam os primeiros: vão contracorrente e tenham este orgulho de ir contracorrente. Avante, sejam corajosos e vão contracorrente! E sejam orgulhosos de fazê-lo!

Queridos amigos, acolhamos com alegria esta palavra de Jesus. É uma regra de vida oferecida a todos. E São João Batista nos ajuda a colocá-la em prática.

Neste caminho nos precede, como sempre, a nossa Mãe, Maria Santíssima: ela perdeu a sua vida por Jesus, até a Cruz, e a recebeu em plenitude, com toda a luz e a beleza da Ressurreição. Maria nos ajude a fazer sempre mais nossa a lógica do Evangelho.


Fonte: Boletim da Santa Sé
Tradução: Jéssica Marçal

21 de junho de 2013

PADRE PEDRO CHEGA A NOVA CRUZ

Vários fieis e membros de pastorais, movimentos e serviços foram dar boas vindas ao neo-sacerdote Pe. Pedro. Ele chegou acompanhado do Pe. Severino, Pároco da Paroquia São José, de Angicos, onde o Pe. Pedro fez estágio pastoral. Em Nova Cruz, Pe. Pedro presidiu sua primeira missa concelebrada pelos padres Francisco de Assis, Pároco de Nova Cruz e Iranildo Augusto, de Passa e Fica. O novo vigário paroquial de Nova Cruz foi acolhido na Igreja de São Sebastião na noite de quinta-feira, 20 de junho, onde aconteceu a missa de acolhida.

No inicio o Pe. Assis, saudou o Pe. Pedro, onde fez uma breve acolhida colocando-se a disposição para o trabalho pastoral e evangelizador na Paróquia de Nova Cruz. No final Pe. Assis, fez uma apresentação das diversas pastorais, movimentos e serviços que atuam em Nova Cruz. O Pe. Severino fez a uma apresentação do Pe. Pedro, falando do seu parentesco com Dom Matias Patricio e do seu empenho e dedicação para evangelizar o povo de Deus. Pe. Pedro agradeceu o acolhimento e disse que veio para contribuir com a evangelização da Igreja de Jesus Cristo.
 
Fotos Pascom de Nova Cruz/RN
 
 
 
 
 

20 de junho de 2013

ENVIO DE EXPERIÊNCIAS PARA O 8º MUTICOM PODE SER FEITO ATÉ 1º DE JULHO

Grupos de Trabalho integram a programação acadêmica do evento e abrem espaço para apresentação de trabalhos no campo da comunicação.

 http://www.arqmariana.com.br/wp-content/uploads/2013/03/8muticom_logo.jpg

O prazo para envio de relatos de experiências de comunicação para os Grupos de Trabalho do 8º Mutirão Brasileiro de Comunicação (Muticom) encerra no dia 1º de julho. O participante, já inscrito no evento, que desejar apresentar trabalho, deve enviar o resumo para a equipe acadêmica, através do e-mail: gts@muticom.com.br. O 8º Muticom vai ser realizado pela primeira vez em Natal (RN), no período de 27 de outubro a 01 de novembro deste ano, e pretende reunir comunicadores de todo o Brasil, para refletir sobre o tema central “Comunicação e participação cidadã: meios e processos”.

   
Novo formato para esta edição do Muticom, os Grupos são distribuídos em 14 temáticas. São elas: Rádio Educativa e Comercial, Impressos, Pascom, Web-Rádio e Web-TV, Redes Sociais e Juventude, Comunicação e Catequese, Assessoria de Comunicação e Promoção de Eventos, Redes de Comunicadores, Formação de Comunicadores, Comunicação e Educação, Mulheres na Comunicação, Rádios Comunitárias, Televisão e Cidadania e Comunicação para Crianças. 
Para elaboração do resumo, a coordenação do Mutirão disponibilizou algumas normas, que estão disponibilizadas no site do encontro (www.muticom.com.br), no link “inscrições". De modo geral, o relato da experiência deve conter uma breve introdução, resultados do trabalho e as considerações finais. Podem apresentar experiências, os inscritos no evento, que possuam alguma atividade ou pesquisa exitosa no campo da comunicação, seja na comunidade ou paróquia em que atua. Além dos Grupos de Trabalho, esta edição contará com seminários, que terão assessoria dos professores Manuel Carlos Chaparro (USP), Muniz Sodré (UFRJ), Laurindo Lalo Leal Filho (USP), Raquel Paiva (UFRJ), Elson Faxina (UFPR), entre outros.

Inscrições

As inscrições para o evento continuam abertas e os interessados em participar, podem se inscrever no site do encontro. Até o dia 31 de julho, o valor da inscrição será R$ 100, e, após este período, passará para R$ 130.

Sobre o Mutirão

Os mutirões são promovidos a cada dois anos, pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e buscam refletir sobre os meios e processos de comunicação, tanto na Igreja, quanto na sociedade. Este ano, além da CNBB, são promotores do evento, a Signis Brasil e Arquidiocese de Natal, em parceria com as unidades acadêmicas da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN): Superintendência de Comunicação, Departamento de Comunicação, Centro Acadêmico Berilo Wanderley e Mestrado em Estudos da Mídia.

Serviço:
“8º Mutirão Brasileiro de Comunicação”
Data: De 27 de outubro a 01 de novembro de 2013 – Natal/RN
Inscrições: www.muticom.com.br
Informações: (84) 3615-2800
https://mail.google.com/mail/images/cleardot.gif

19 de junho de 2013

RECONHECIDO SEGUNDO MILAGRE POR INTERCESSÃO DE JOÃO PAULO II


A comissão teológica da Congregação para a Causa dos Santos aprovou o segundo milagre atribuído à intercessão de João Paulo II.

O reconhecimento abre caminho para a canonização do Papa polonês, mas antes deverá ser aprovada também por uma comissão de cardeais e bispos e autorizada por decreto pelo Papa Francisco. 

A notícia da aprovação do segundo milagre já provocou reações em Cracóvia, onde o arcebispo Stanislaw Dziwisz, ex-secretário de João Paulo II, afirmou que "Papa Francisco não colocará à prova a paciência dos poloneses". 

"Existe muita esperança de que a canonização ocorra no domingo 20 de outubro", disse ele, recordando que é a data em que se celebra o 35º aniversário da eleição de Wojtyla. O arcebispo Dziwisz foi recebido pelo Papa Francisco no Vaticano no último sábado.

O cardeal Karol Wojtyla foi eleito Papa em 16 de outubro de 1978. No dia 22, celebrou a missa de início de pontificado.

Em 1º de maio de 2011, Bento XVI proclamou-o Beato, após a comprovação da cura - inexplicável para a ciência, da Irmã Marie Simon Pierre, que sofria do Mal de Parkinson.

Fonte: Rádio Vaticano

PAPA NOMEIA BISPOS PARA CARAGUATATUBA (SP) E ALMENARA (MG)


Na manhã desta quarta-feira, 19 de junho, a Nunciatura Apostólica no Brasil comunicou que o Santo Padre, Papa Francisco, nomeou dom José Carlos Chacorowski como bispo da diocese de Caraguatatuba (SP), transferindo-o do ofício de auxiliar da Arquidiocese de São Luís do Maranhão (MA). Também foi nomeado o Monsenhor José Carlos Brandão Cabral como bispo da diocese de Almenara (MG).

Dom Chacorowski nasceu em Curitiba, em 1956. Recebeu a ordenação presbiteral em 1980. Atuou no campo da formação na Diocese de Palmas (PR), e em seguida trabalhou na missão Ad Gentes no Zaire, hoje República Democrática do Congo, entre 1982 e 1987. De volta ao Brasil, trabalhou na equipe da Pastoral Rodoviária por quase 10 anos. Foi também diretor provincial das Filhas da Caridade da Província de Curitiba (1996 - 2005). Foi pároco na diocese de Paranaguá (PR) entre 2005 e 2009, e diretor das Filhas da Caridade da Província da Amazônia, entre 2009 e 2010. Em dezembro de 2010, foi nomeado pelo papa Bento XVI bispo titular de “Case Nere” e auxiliar na Arquidiocese de São Luís do Maranhão.

O Monsenhor José Carlos Brandão Cabral é natural de Queiroz (SP), e está com 50 anos de idade. Iniciou sua formação religiosa em 1977, na fraternidade dos Frades Capuchinhos, mas em 1989 passou a fazer a caminhada dos estudos na diocese de Limeira (SP), onde recebeu a ordenação presbiteral em 1993. Trabalhou em diversas paróquias desta diocese, e colaborou com a cúria diocesana nas funções de vigário episcopal e juiz do Tribunal Eclesiástico Interdiocesano de Campinas. Atualmente, era o pároco da Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora, em Americana (SP) e chanceler da cúria. A nomeação para a diocese de Almenara foi realizada pelo Papa Francisco após o pedido de renúncia de dom Hugo Maria Van Steekelenburg, por motivo de idade.

Fonte: CNBB

17 de junho de 2013

NOMEADO NOVO SECRETÁRIO DO INSTITUTO PARA AS OBRAS DE RELIGIÃO

 
O Instituto para as Obras de Religião (IOR) tem um novo secretário. Trata-se de dom Batista Mario Salvatore Ricca, que foi nomeado “ad interim”, com a aprovação do Papa Francisco, como secretário do órgão.

A nomeação do novo prelado foi feita pela Comissão de Cardeais para a vigilância do IOR, presidida pelo cardeal Tarcisio Bertone. A função de dom Ricca, segundo as declarações do porta-voz do Vaticano, padre Federico Lombardi, é ser secretário dos encontros da Comissão Cardinalícia e assistir aos encontros de superintendência, segundo os Estatutos do Instituto.

Dom Batista Ricca faz parte do Serviço Diplomático, junto à Secretaria de Estado, e é diretor da Casa Santa Marta, Casa Internacional Paulo VI, Casa Romana Sacerdotal e Casa São Bento. O novo prelado substitui Dom Piero Pioppo, atual Núncio Apostólico em Camarões e Guiné Equatorial, que desenvolveu tal cargo de 2006 a 2010.

Com a nomeação de Ernst Von Freyberg, presidente do IOR, e dom Ricca, a Comissão Cardinalícia ocupa as duas importantes posições previstas pelos Estatutos do IOR, que estavam vacantes por muito tempo, conclui padre Lombardi.


Fonte: Canção Nova Notícias

"PELOS CAMINHOS DO POTENGI" É LANÇADO EM SÃO PAULO DO POTENGI

A segunda edição do Livro “Pelos Caminhos do Potengi”, de autoria do Monsenhor Expedito Sobral de Medeiros, vai ser lançada nesta terça-feira, 18, às 19 horas, na Câmara Municipal de São Paulo do Potengi. A solenidade é organizada pela Paróquia de São Paulo Apóstolo, de São Paulo do Potengi, e vai contar com a presença do Arcebispo Metropolitano de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha.
O livro traz uma auto-narrativa de histórias vividas pelo sacerdote,  e a luta dele buscando melhorias para os menos favorecidos. Conhecido pelo trabalho social que desenvolvia, monsenhor Expedito ficou conhecido como o “Profeta das Águas”. Ele faleceu em 16 de janeiro de 2000, em São Paulo do Potengi, onde foi pároco por quase 40 anos.

 

Fonte: Arquidiocese de Natal

16 de junho de 2013

ARQUIDIOCESE DE NATAL COMEMORA 15 ANOS DA PASCOM (PASTORAL DA COMUNICAÇÃO)

Para celebrar os 15 anos da Pascom (Pastoral da Comunicação) na Arquidiocese de Natal/RN, e para comemorar os membros da coordenação Arquidiocesana elaborarão uma vasta programação que teve encerramento hoje (16).

Os últimos festejos foram realizados no Instituto Maria Auxiliadora, em Natal e claro não pode deixar de se fazerem presente os membros da Pascom em Parazinho, ao todo foram 9 (nove) pessoas comemorar juntamente com pessoas vindas das mais diversas cidades.