13 de março de 2015

O tema do Ano Santo: "Deus, rico em misericórdia"


O Ano Santo Jubilar da Misericórdia terá início com a abertura da Porta Santa na Basílica de São Pedro em 8 de dezembro de 2015, solenidade da Imaculada Conceição e será encerrado em 20 de novembro de 2016, na solenidade de Nosso Senhor Jesus Cristo, Rei do Universo. 

Tema
A iniciativa, proposta pelo Pontifício Conselho para a Promoção da Nova Evangelização, promove em todo o mundo a abertura extraordinária das igrejas como um convite a celebrar o sacramento da reconciliação. O tema deste ano é extraído na carta de São Paulo aos Efésios “Deus rico em misericórdia” (Ef 2,4). A misericórdia é um tema muito querido ao Papa Francisco, que já como bispo, escolheu como lema “Com olhos de misericórdia”. No texto da edição italiana da exortação apostólica Evangelii gaudium, o termo ‘misericórdia’ aparece 31 vezes. 

Inspiração
A abertura do próximo Jubileu coincidirá com o cinquentenário do encerramento do Concílio Ecumênico Vaticano II, em 1965, e isso o leva a adquirir um significado especial, encorajando a Igreja a prosseguir a obra iniciada no Concílio. 

Liturgia da Palavra
No Jubileu, as leituras para os domingos do tempo comum serão extraídas do Evangelho de Lucas, chamado “o evangelista da misericórdia”. Algumas das parábolas mais conhecidas escritas por ele são as da ovelha perdida, a da moeda perdida e a do pai misericordioso.
O anúncio oficial

De modo solene e oficial, o Ano Santo será anunciado com a leitura e a publicação da Bula, na Porta Santa, no Domingo da Divina Misericórdia, festividade criada por São João Paulo II, celebrada no domingo depois da Páscoa. 

Porta Santa
O rito inicial do Jubileu é a abertura da Porta Santa: esta porta é aberta exclusivamente durante o Ano Santo, enquanto nos outros anos, permanece murada. As quatro Basílicas Maiores de Roma têm portas santas: São Pedro, São João de Latrão, São Paulo fora dos Muros e Santa Maria Maior. O rito de abrir a Porta Santa expressa simbolicamente o conceito que, durante o Jubileu, é oferecido aos fiéis um “percurso extraordinário” rumo à salvação.

Fonte: CM

Nenhum comentário:

Postar um comentário